Pular para o conteúdo principal

UMA ORAÇÃO DO CORAÇÃO











Senhor, o dia já vai amanhecer...
A noite toda - que voou
Passei sozinho diante da tua face


Teu olhar / me fascina
Teu amor / me constrange
Tua graça / me renova


Leve é o teu fardo
Suave é o teu jugo


Sem julgamentos
Sem condenações
A vida flui
A semente dos sonhos
Germina
A árvore da vida
Frutifica


Prostrado diante da tua face, deixo-me levar
Pela leveza de um encontro puro com a tua graça


É como estar mergulhado na eternidade
O tempo passa sem parecer que passa
A minha alma não cansa de te adorar
O meu espírito não cansa de saltar de alegria


Este é o momento único
Em que eu me sinto em casa
O momento sagrado
Em que eu vejo
Que a minha vida 
Tem um sentido
Uma identidade 
E uma missão...


Em ti - Deus meu - a minha alma respira
Em tua presença - meu Criador
O meu ser se renova
Em ti - Senhor - a minha vida
Reencontra a liberdade perdida


Ao som do teu nome
Que vibra e ecoa
Por todo o meu ser
O meu espírito exulta
A minha fé é fortalecida
O meu coração é resgatado
As minhas trevas dissipam-se
Os meus olhos brilham
E as minhas feridas de alma
São lavadas e curadas
Para teu louvor e glória
Sou feito nova criatura


Senhor, a tua graça me basta
A tua graça desce sobre mim
Como orvalho num jardim


No meio de terrível escuridão
Tu me apresentas palavras de luz
No meio de uma tristeza profunda
Tu me dás palavras de alegria


Em dias de absoluta solidão
Quando eu tombo sem forças
Num canto escuro e sem vida
O Espírito de Deus
Não me deixa sozinho
Ele me consola e me alegra
Me dá esperança e segurança  
E me coloca de pé novamente


Sim, no meio do sofrimento
Quando as aflições do mundo
Me cercam e me tentam
Minha boca não murmura
Meus pensamentos são de gratidão
E as minhas palavras são de esperança
Aguardo em silêncio no Senhor
Tudo posso naquele que me fortalece


Estes são os milagres
As vitórias e os mistérios
Que eu carrego escondido
Nas profundezas do coração
Onde a minha vida se resolve
Apenas entre eu e Deus


Sim, este é o mistério
Que explica e justifica
O brilho que anima o meu olhar


Todas as minhas esperanças
Todos os meus sonhos
Todas as minhas expectativas
Tudo que eu tenho
Tudo que eu sou
Coloco ao pé da cruz de Cristo
Creio e confio nele
No dia da angústia
Sei que não serei desamparado


Ainda que o meu pai e a minha mãe
Me abandonem e me esqueçam
Ainda que me desamparem
O Espírito Santo de Deus
Não me abandonará jamais
Nem jamais me esquecerá


A minha vida é um dom dado e conservado
Pelo poder do Espírito Santo... A quem temerei?
Quem intentará acusação? É Deus quem me justifica


Ainda que demônios me cerquem
Ainda que a escuridão
Me encontre e me envolva
Não serei envergonhado
A luz de Deus - num instante
Romperá a escuridão e me encontrará
Nada poderá me arrebatar das mãos de Deus
Eu sou dele... Ele me encontrou
E fez a sua morada no meu coração
Sim, tudo posso naquele que me fortalece


Nada poderá me separar do amor de Deus
Quando estou só e desamparado
E a minha alma é ameaçada por densas trevas
Quando o leão ruge ao derredor
Sem ter outro esconderijo
Sem ter quem possa me proteger do mal
Grito pela tua salvação, Deus meu
Clamo pelo teu socorro
Pela chegada da tua luz
Então, no meio da escuridão
O teu Espírito vem e me transpassa
E mais uma vez
Convence o meu espírito
Que eu sou filho do Deus altíssimo


Diante da grandeza dessa revelação
As minhas carnes tremem e estremecem
Os meus ossos fraquejam
Não posso me conter
Preciso gritar bem alto
Grande é a alegria
Imensa é a gratidão
O Senhor é bom


Sim, diante da tua face, Deus meu
O meu coração teme e treme
E a minha vida vacila
Diante da grandeza da tua santidade
Curvo-me em adoração
O meu ser inteiro transpira gratidão
Tem misericórdia de mim
Pois sou pecador
A minha alma carece da tua graça


As palavras fluem em torrentes - e não param
As lágrimas sobem aos meus olhos
Perdoado eu sou
O meu coração dispara
O meu corpo treme
Não me assusto
Eu sei de onde vem a minha inspiração
Conheço a origem do fogo que arde em mim
As minhas palavras não são nada
Sem a Palavra de Deus
Eu não sou nada
Sem a Palavra de Deus
Sim, eu sei de onde vem a minha inspiração
Eu sei em quem tenho crido...


Tu, Senhor, é aquele que eu busco todo dia e toda noite
Sem cessar, o meu coração se inclina mais e mais para ti
Não posso mais viver sem o teu Espírito
Nada sou sem o teu Espírito
Dia e noite o meu coração te busca
A tua Palavra me faz renascer
A tua presença me faz crescer


Diante de ti - eu escuto melhor
Diante de ti - eu vejo melhor
Diante de ti - eu vivo melhor
Ao som da tua Palavra 
Eu sou nova criatura


Tu és aquele que sabe todas as minhas intenções
Tu és aquele que me mostra a direção
Tu és aquele que não me deixa errar a direção
Tu és aquele que constrange o meu coração
E me chama ao arrependimento de pecados
A minha alma não cansa de esperar e confiar
No teu perdão e nas tuas misericórdias


Quieto diante da tua face
Desnudo a minha alma
Perante o teu Espírito
Derramo a história do meu coração
Dores escondidas sob sorrisos
Perplexidades que se movem sob a fé
Tribulações sob a esperança
Perseguições, abatimentos e desamparos


A ti, Senhor meu, confesso todos os meus medos
As minhas ansiedades e as minhas inseguranças
Todos os meus anseios e desamparos


Sim, o senhor é o meu pastor
Nunca me desamparou
Nunca me faltou
Ele me conhece
Sabe quem eu sou
Nada em mim
Permanece oculto
Diante dos olhos do Senhor


Tua presença me contagia e me alegra
Tua presença me inspira palavras de gratidão
De eternidade em eternidade
Eu cantarei louvores ao teu nome...
_VBMello

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A fama é reles… [Boris Pasternak]

Vida de comunhão com Deus

A autêntica vida de comunhão com Deus
Não é aquela que nos alegra Momentaneamente, casualmente Em razão de uma circunstância feliz qualquer

É aquela que ultrapassa as circunstâncias E vai muito além das coincidências felizes E Penetra com fogo e poder de Deus As entranhas da nossa vida... E nos acompanha  Em todas as nossas lutas e afazeres No campo, na montanha ou na cidade E adentra pelas portas do nosso ser e chega Ao lugar mais profundo da nossa existência Onde demônio ou homem algum Consegue chegar, ver ou ouvir O lugar em nós, onde a nossa vida Se resolve apenas entre nós e Deus E nos envolve com as doces consolações do Espírito Aplaca as nossas dúvidas e faz parar as nossas ansiedades E diz ao nosso coração aflito e faminto Que Deus, o Todo Poderoso, é o nosso Pai Celestial E nos alegra sempre - e para sempre Pois ao invés de atuar num momento apenas Atua poderosamente, todo dia, o dia todo, sem cessar Na transformação espiritual de todo o nosso ser Limpando a lama do mundo
Removendo as escorias da exi…

Orar sem cessar...

Amar sem cessar
E orar sem cessar
Uma coisa anda
Junto com a outra
E no evangelho
A falta de uma
Invalida as duas...
_VBMello

Roger Scruton Roger Scruton - Por que a beleza importa?

Num mundo em franca decadência de todos os valores (É o Brasil!), onde - oh, meu Deus! - criança toca homem nu, e isso passa por arte, onde - que horror - todo tipo de bizarrice, feiura, incitação à pornografia e estímulo a zoofilia e pedofilia, igualmente - cada vez mais - deseja (nos seus quinze minutos de fama), passar por arte, não faz mal algum - para quem ainda tem ouvidos para ouvir -, ouvir o que Roger Scruton tem a dizer sobre a verdadeira natureza da Arte e a importância da Beleza na construção de um mundo melhor e espiritualmente mais agradável e saudável. Afinal, é necessário colocar um pouco de ordem nesse caos que nos ronda e ameaça... _VBMello



RECEBA ATUALIZAÇÕES:


Delivered by FeedBurner

Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração...

Ao cair da noite, diante de Deus Longe das acusações dos homens Examino o meu coração O Espírito sonda a minha alma A minha alma estremece E as minhas pernas vacilam Não tenho do que me vangloriar Não tenho o que dizer a meu favor Este é só mais um dia Em que eu fiquei tão longe De ser o que deveria ser

Não tenho bravatas espirituais Para contar ou testemunhar O meu testemunho Testemunha contra mim A minha história é a história Das minhas quedas e tentativas Então eu penso: O que seria de mim Se não fosse a graça de Deus?

Leonard Ravenhill - Pregador, com tudo que possuis, adquire unção.

Na igreja moderna, a reunião de oração é uma espécie de Cinderela. Essa serva do Senhor é desprezada e desdenhada porque não se adorna com as pérolas do intelectualismo, nem se veste com as sedas da Filosofia; nem se acha ataviada com o diadema da Psicologia. Mas se apresenta com a roupagem simples da sinceridade e da humildade, e por isso não tem receio de se ajoelhar.

O “mal” da oração é que ela não se acha necessariamente associada a grandes façanhas mentais. (Não quero dizer, porém, que se confunda com preguiça mental). A oração só exige um requisito: a espiritualidade. Ninguém precisa ser espiritual para pregar, isto é, a preparação e pregação de um sermão perfeito segundo as regras da homilética e com exatidão exegética, não requer espiritualidade.

Qualquer um que possua boa memória, vasto conhecimento, forte personalidade, vontade, autoconfiança e uma boa biblioteca pode pregar em qualquer púlpito hoje em dia. E uma pregação dessas pode sensibilizar as pessoas; mas a oração move …

Espírito Santo – Espírito de Deus

Envias o teu Espírito..., e assim renovas a face da terra. [Salmo 104:30] - - - O Espírito é livre Nós sabemos que ele Se move com poder
Mas não podemos prever A direção do seu mover
Nós somos as sementes Ele é a chuva que vivifica E faz brotar a semente
Tudo que podemos fazer É nos mover com ele Quando ele se move
Somos a folha caída, ele é o vento Que nos levanta e nos leva por caminhos Que jamais poderíamos trilhar por nossa conta...

* * * 
No princípio, quando tudo começou, quando tudo era abismo e escuridão, sobre a terra sem forma e vazia, ele se movia. E acima de tudo que pairava, comunicava vida, beleza, forma, sentido e alegria...

Do mesmo modo, com o mesmo poder e graça, em todas as épocas, do começo ao fim dos tempos, acima da natureza tenebrosa do coração humano, o Espírito paira como uma reconfortante brisa que acalma as tempestades da alma, um sol que brilha e ilumina a escuridão do coração, uma chuva mansa e desejável, graça que absolve, alegra e faz florir os desertos dessa nossa v…