Pesquisar este blog

22 de fevereiro de 2017

Notas sobre fé e sofrimento...

O sofrimento está no mundo
Nós estamos no mundo
E entre nós e o sofrimento
Há encontros difíceis de evitar


Como uma sombra incansável
Escondido sob muitas faces
O sofrimento nos persegue
Nos alcança e nos fere


Do berço ao túmulo, ele nos ameaça
Lutamos a vida inteira contra ele
Vencê-lo é a nossa meta


A ciência luta contra ele
A fé luta contra ele
Mas ciência e fé
Lutam uma contra a outra
E dessa luta entre duas frentes
Que visam a mesma coisa
Brotam outras fontes de sofrimento


A natureza com os seus cenários paradisíacos
Também tem terremotos, vendavais
Tsunamis, vulcões, secas e enchentes
Que são fontes de destruição e sofrimento


Movidos por vingança, inveja ou cobiça
Os homens fazem guerra uns contra os outros
E espalham o medo, a escuridão
E sofrimento sobre a terra desolada


Como se não bastasse o sofrimento
Causado pela natureza e pela guerra
Como se fosse pouco
Nós, com nossos muitos pecados
Não cessamos de infligir sofrimento
Contra nós mesmos
Dia e noite, sem cessar
Ferimos o nosso corpo
E comprometemos a nossa alma
E fazemos da nossa história
Uma miserável soma de dores
Frustrações, arrependimentos e sofrimentos


A sombra do sofrimento
Como um demônio que zomba
Paira ameaçadora sobre nós
Se fugimos dele no Norte
Ele nos encontra no Sul
Se fugimos dele na cidade
Ele nos encontra no campo


O sofrimento está em toda parte
Está no seio das melhores famílias
Onde se interpõe entre pais e filhos
E ronda de perto as alianças de amor
Invariavelmente, sorrateiramente
Onde a vida levanta a cabeça e sorri
Sem fala, ele logo surge ameaçador
Rosnando como um leão ao derredor
Procurando alguém para devorar


Levamos no rosto, algumas vezes
Escondidas por fotoshop
As marcas profundas
Da nossa difícil arte de viver
Num mundo cheio de dores 
Sofrimento e injustiças


Pensando poder evitar o sofrimento
E viver um paraíso na terra
As pessoas inventam muitas
Estratégias de luta contra ele
Entre essas estratégias
A maior de todas é a religião


Claro, há muitos tipos de religião
Algumas melhores, outras piores
Mas a verdade é que a maioria delas
Não tem qualquer poder contra o sofrimento
E não passam de armas da ilusão
Sendo elas mesmas, grandes fomentadoras 
De dor, angústia, loucura e sofrimento


As religiões não combinam entre si
E não raro, fazem guerra umas contra as outras
Tolerância religiosa é uma utopia
Que alcança o coração de uma minoria
Movida pela ilusão de um poder global
Com uma única religião e economia
Também causam sofrimento e dor


Essa ideia bizarra de uma única religião
No fim, será só mais uma desculpa
Para as religiões, as maiores
Que querem absorver as menores
Declararem mais guerras santas
Agora não mais em nome de Deus
Mas em nome de uma religião mundial


Enfim, para resumir
Claro que não podemos
Evitar o sofrimento
Para tornar isso possível
Teríamos que sair do mundo


A única coisa sensata
Que podemos fazer
É tratar de não aumentar
O sofrimento que nos rodeia
Ameaça, fere e agride


Ninguém em sã consciência
Procura o seu próprio sofrimento
Entretanto, se ele nos surpreende
Não devemos nos desesperar
O desespero aumenta o sofrimento


O desespero decompõe o sofrimento
Em ressentimento, ódio, violência e amargura
E transforma a nossa já tão sofrida existência
Num pântano sombrio de morte em vida


É indiscutível que o sofrimento nu e cru
Nos atropela com uma força terrível
E se levanta diante de nós
Com a firme determinação
De provar a nossa alma
Até o limite absoluto da nossa fé
Sem piedade, como um cão faminto
Ele faz ruir todas as nossas ilusões
E prova e coloca em cheque
As nossas crenças mais profundas


A estrada da vida está cheia de gente
Que perdeu o rumo diante do sofrimento


O verdadeiro sofrimento
Emudece os nosso lábios
Fere as nossas palavras
Faz estremecer o nosso coração
Faz calar as nossas perguntas
E curva a nossa cabeça
Numa derrota inesperada


Então, olhamos ao redor
E somos tomados
Até o tutano dos ossos
Pela ilusão medonha
De que Deus nos abandonou
E gememos e gritamos de desespero
Porque o verdadeiro sofrimento
Reduz tudo a gemidos de dor
E por fim, essa é toda a nossa oração
Gemidos inexprimíveis de dor e abandono


Claro que o sofrimento é um problema
Ele, invariavelmente, estanca
Algum fluxo importante da nossa vida
Atrasa os nossos planos, ameaça os nossos sonhos
E rouba grande parte do entusiasmo do nosso coração


Mas ele não é apenas
Um obstáculo que impede
O pleno fluir da nossa existência


Há modos mais produtivos de lidar com ele
Ao invés de recebê-lo com olhar de desespero
Podemos, pela graça de Deus
Recebê-lo com olhar de esperança
Ele não precisa ser sempre tratado
Como um monstro devorador
Ele pode ser visto, por exemplo
Como uma incrível oportunidade
De crescimento emocional e espiritual


É indiscutível que o sofrimento muda as pessoas
Deste modo, podemos aceitá-lo, diante de Deus
Como uma oportunidade de mudança


Portanto, mais do que um obstáculo
Ele deve ser recebido e enfrentado
Como uma ocasião de crescimento
E amadurecimento da nossa fé


Uma oportunidade para dissolver
A ilusão de que Deus nos abandonou
E fortalecer a nossa consciência
Da presença e do cuidado de Deus


Tocada pelo sofrimento intenso
A consciência acorda
E uma pessoa de fé
“se vira em dez”
Descobrindo-se possuidora
De uma força 
E de uma determinação
Que nem sonhava possuir


A história dos heróis da fé
É a história de homens fracos
Que foram fortalecidos
Pelos muitos sofrimentos
Que a vida derramou sobre eles


Seja como for, o sofrimento
Nunca desaparece de verdade
Sempre teremos que lidar com ele


Todavia, independente
Da força das circunstâncias
Por si só, ele não tem poder
Para nos vencer e aniquilar


Pode, claro, ferir e matar o nosso corpo
Mas nada pode contra a nossa alma
Se a nossa alma permanecer 
Viva diante de Deus
Recebendo dele
Consolação e graça


A derrota para o sofrimento
Não acontece de fora para dentro
Acontece de dentro para fora
Quando a alma, muito impressionada
Com as circunstâncias ruins
Cede completamente ao desânimo
Perde a esperança e desiste de lutar
Então, a derrota temida acontece


Muitos recebem o sofrimento
Com surpresa e espanto
E perguntam: Por que comigo?


Mas o sofrimento
Não deveria ser
Uma surpresa para ninguém
Ou pelo menos, não deveria
Ser uma surpresa para quem crê


No mundo tereis aflições, advertiu Jesus
E como força e estratégia de enfrentamento
Ele recomendou prudência, fé e bom ânimo
Sem fé e bom ânimo, ninguém vence o sofrimento


O segredo básico da nossa
Luta contra o sofrimento
É a força da esperança
Enquanto houver esperança
Não seremos consumidos


A casa da nossa alma
Desaba completamente
Quando perdemos a esperança


Diante do sofrimento intenso
O melhor que podemos fazer
É trazer à memória
Aquilo que pode
Fortalecer a nossa fé
E a nossa esperança
Entregar o coração
A um espírito de pessimismo
É a própria derrota e morte da alma


Por esperança
Quero dizer
Sentido de vida


Não existe como manter bom ânimo e fé
Numa existência vazia e desprovida de sentido

O sentido da vida
É a força da vida
Uma vida sem sentido
É uma vida fraca e derrotada


A vida precisa de um sentido
Que seja bom e suficiente
Para nos fazer querer viver
Mesmo quando o mundo
Desmorona ao nosso redor


Antes de tudo, precisamos
Responder se a nossa vida
Vale o esforço de ser vivida
Se a resposta for sim
Então, pela graça de Deus
Estamos prontos
Para o que der e vir
Se for não, então
Estamos já derrotados
Antes mesmo de sairmos da cama


Ao longo da história do mundo
Bilhões de pessoas tem encontrado
Na fé em Deus, o sentido maior da vida


E isso não é sem razão, não é um acaso
A fé em Deus, mais do que tudo
Revela claramente, com fartura de detalhes
O potencial eterno da nossa existência


Aquele que crê em Deus
Sabe que as aflições
Deste tempo presente
Não são para comparar
Com a glória que há de ser
Revelada em breve


Em nome desse potencial
Vale a penar enfrentar o sofrimento 
De cabeça erguida e coração animado
E não fugir, nem desistir, jamais
Sim, vale a pena esperar em Cristo
Autor e consumador da nossa vitória final


Portanto, para quem crê
A fé é um motivo
Bom e suficiente
Para viver e resistir
E lutar sem desanimar

Por fim, caso ainda não tenha ficado claro
É preciso dizer que há no mundo
Muitos tipos de fé
É importante saber isso
Pois a fé da qual falo aqui
Não é uma mera opinião humana
Trata-se da fé segundo a norma
Da Sagrada Escritura
Fé segundo a Palavra de Deus


Com efeito, muitos tem errado nisso
Dizem que tem fé, mas a fé deles
Não combina com as Escrituras
E não passa de uma opinião
Sobre coisas sagradas e eternas

Estritamente falando, isso não é fé
É só uma crença vazia
Que combina muito bem
Com as vaidades e cobiças
Ocultas no fundo da alma deles


Sim, há muitos tipos de fé
Que combinam perfeitamente
Com o coração humano
Mas nem todas combinam
Com o coração das Escrituras


Esses tipos superficiais de fé
Que não combinam, nem de longe
Com o coração das Escrituras
Isto é, que não combinam com Cristo
São como casas velhas
Construídas sobre areia
E desabam completamente
Quando o mundo começa
Desmoronar ao redor


Essas crenças humanas, são inúteis
Pois perdem completamente
O sentido, o significado e o poder
Quando tudo, saúde, dinheiro e amores
São perdidos, revelando-se, portanto
Um tipo de crença vazia de poder e sentido
Para o enfrentamento real
Do sofrimento nosso de cada dia


Portanto, não se engane
É preciso ter em mente
Que assim como existe
Falso profeta
Existe também
Falso herói da fé


Render-se total
E definitivamente
Vida e destino
Ao Espírito de Cristo
É a fé dos heróis da fé
A fé que vence a morte


E se essa fé autêntica
Não for motivo bom
Claro e suficiente
Para nos manter de pé
Diante do sofrimento
Nenhum outro motivo será


E o sofrimento, finalmente revelará
Apesar das nossas bravatas espirituais
E dos nossos testemunhos de vitória
Contra inimigos quixotescos
Que no fundo, no fundo
Não passamos de falsos heróis da fé...
_VBMello

Nenhum comentário:

Postar um comentário

RECEBA AS NOSSAS ATUALIZAÇÕES:

Delivered by FeedBurner