Textos inacabados

Revirando arquivos antigos, encontrei textos que comecei e nunca terminei. Resolvi postá-los assim mesmo, inacabados, como quem os escreveu...

***

Prostrados diante de Deus, vou caminhando... Conheço o caminho, sei o destino, mas não é fácil caminhar... O caminho é estreito, e a vida de fé é uma luta que não tem fim... Tropeço e caio... Em silêncio, diante da glória do Pai, que me atrai com laços de amor, vou aprendendo o que falar e o que calar... Através da floresta da desconfiança, confiante que o Eterno não me faltará, ainda que todos me faltem, reúno as forças e mantenho o ânimo diante da face fria das impermanências e aflições deste mundo... Logo tudo vai terminar, o Espírito me diz. Logo tudo isso vai terminar. Não existe escuridão que dure para sempre... Firmo os olhos e vejo uma luz na escuridão... sigo em frente...

***

Quanto mais um indivíduo, se honesto, examinar as profundezas do seu coração, mais escuridão encontrará. O coração examinado se revela exatamente como Jesus disse que ele é, cheio de escuridão. Não existe nada de bom em nós. Somos como um poço de água contaminado por amarguras sem fim. Não há luz a não ser a luz de Deus... Se sincero, o caçador de si mesmo, quanto mais escuridão encontrar, repito, se sincero, mais e mais deixará de se iludir com a sua suposta bondade, e mais e mais estará disposto a ser reconhecer - publicamente - como o maior dos pecadores...

***

Tenho observado que somente as pessoas mais tolas e superficiais, se acham acima da média. Onde existe arrogância, não existe humildade. Arrogância e humilde não coexistem. É só olhar para o lado e ver. Quanto mais superficial uma pessoa é, mais ela se acha melhor do que os outros. Quanto mais pecadora, menos se reconhece como pecadora, e mais se esforça com palavras e alguns gestos planejados, para embelezar os seus pecados, dizendo para todo mundo que a lama mais fedorenta da sua vida, é ouro puro e refinado... Conheço dúzias de pessoas assim... Com efeito, conhecemos esse tipo incapaz de exame interior, pelo odor de santidade que ele tenta exalar, apesar de doentiamente, ser completamente incapaz de assumir qualquer tipo de culpa... Você sabe que está diante de uma pessoa absurdamente medíocre e superficial, pelo simples fato de ela passar a vida inteira  acusando e procurando culpados para as suas culpas...

***

Do começo ao fim, a nossa vida permanece sempre incompleta. Às vezes - se formos sortudos - de surpresa - a felicidade, essa coisa incerta e que causa muita inveja nos outros – parece bater na nossa porta... E nós a convidamos para entrar e a abraçamos carinhosamente... Dois dias depois , talvez três, ela vai embora e a gente vai ficando cada vez mais escaldado... Mas nunca desiste da tal felicidade, se mil vezes ela bater na nossa porta, mil veze dormimos com ela... Depois de um tempo, mais sábios, talvez, a gente desiste de agarrá-la para sempre, e só quer aproveitar o momento, quando ele aparece... Amadurecemos, ou ficamos céticos de vez, não sei... O fato é que depois de tantas decepções, a gente compreende que mesmo a maior de todas as felicidades deste mundo, não é suficiente para nos dar uma alegria completa...Esse é o momento crucial da vida.

***

Os nossos relacionamentos, principalmente os familiares, salvo exceção (será que existe exceção?), não são exatamente grandes fontes de consolação...  Os psicólogos sabem que muitos dos sofrimentos crônicos da nossa alma, aqueles sofrimentos infernais que experimentamos como trauma, começam sempre numa infância repleta de abandonos e escuridão... a vida de todos nós possui, em algum lugar da infância, profundos abismos de escuridão, revolta e decepção... É na direção dessa escuridão sem fim, que a luz de Cristo caminha... Se não formos iluminados de dentro para fora, nunca seremos iluminados de maneira alguma... Que o Pai do céu, infinito em misericórdia, nos cure completamente, onde os nossos pais nos adoeceram. 

***

O mundo é um lugar cheio de crises que vão e voltam. A vida, quando se deixa levar por essas gangorras de crises, corre o risco de afundar num labirinto de crises, e nunca sair do reino da escuridão para o reino da luz...

***

Família, meu irmão, é assim: Quando é benção – é benção. Quando é maldição - é maldição – não há escapatória... É tudo uma questão de sorte, pura sorte, cair numa família boa... Mas, à medida em que o tempo se aproxima do fim, a chance maior de quem está por nascer, é cair no fosso escuro de uma família disfuncional. Com certeza, garantido... A geração que antecederá o fim, será toda feita de filhos de famílias completamente disfuncionais. Gente incapaz de perdão. Gente incapaz de compaixão. Gente incapaz de gratidão. Gente cujo coração será tão egoísta, que inclinação do coração e dos pensamentos será sempre e continuamente para o mal, sem nenhum espaço para qualquer gesto de bondade... Com efeito, uma era dominada por psicopatas se aproxima a passos largos, e essa era de escuridão começará dentro de casa, com pais violentando os seus filhos de tudo que é modo... Em lares assim, todas as doenças da mente encontrarão terreno fértil para o seu desenrolamento. A depressão só fará crescer e o suicídio será coisa do dia a dia..., coisa banal...

***

Nos meus dias de jejum, eu percebo que o hábito de comer é muito mais forte do que a própria necessidade de alimento... Então, penso que nos primeiros dias não existe jejum propriamente dito. Existe apenas luta insana contra o hábito de comer sem parar... Quase sempre o que me faz quebrar o jejum, não é a fome... É o hábito de comer.

***

Nas questões que envolvem justiça própria, do começo ao fim de uma vida de fé, tudo é renúncia ao direito de fazer justiça com as próprias mãos. Cada passo de fé, se verdadeiro, é um aprendizado no caminho dessa renúncia. Renúncia da justiça do mundo e negação da justiça da carne. Diante de Deus, devemos estar tão desprovidos de justiça própria, que só nos reste mesmo a esperança e a certeza da justiça do próprio Deus...

***

Há muitas bençãos de Deus para quem vive pela fé e não desiste da esperança... Mas existe no nosso meio uma meia dúzia de fanáticos que entendem que as bênçãos de Deus representam algum tipo de superioridade espiritual sobre as outras pessoas. Elas olham para o mundo e se imaginam os cabeças do mundo, senhores da verdade e guia de cegos... Autodenominados mestres de espiritualidade. Todavia, a vida de fé não representa superioridade alguma. Uma pessoa de fé não é superior a ninguém. Um cristão com mania de superioridade, o que é lamentável, realmente não entendeu nada. A vida de fé não é uma vida de superioridade. É uma vida de consciência e gratidão. O indivíduo cheio do Espírito Santo, se olha e sabe que não é nem calda, nem cabeça... como muitos pregam, mas sim um pecador redimido pela graça de Deus. Diante dessa revelação de fé, a sua postura não é de superioridade, mas de gratidão. Sim, maltrapilhos reconciliados com Deus, por meio de Jesus Cristo, eis o que somos... Doentes e perdidos na vida, que Cristo encontrou, chamou, redimiu e salvou...

***

Outro dia alguém me disse, meio debochando da minha fé, que a fé na volta de Jesus, é uma utopia. É verdade, respondi. Cremos numa utopia que se realizará, e que por isso mesmo, isto é, por ser uma utopia que se realizará, pegará o mundo de surpresa...

***

Alguém me disse que os cristãos são como ovelhas numa floresta de lobos, sem possibilidade de defesa. É verdade... Quer dizer, seria assim mesmo, se a nossa vida estivesse só nas nossas mãos... Mas temos Cristo. E com Cristo, nós somos vencedores de lobos e luz de florestas escuras...

***

Fé mais ou menos. A igreja dos nossos dias, encontra-se cheia de gente com fé mais ou menos. Fé mais ou menos é aquela que segue uma motivação puramente carnal. Geralmente a pessoa tem uma meta carnal: Ganhar dinheiro, por exemplo. Então, muito esperta “se converte” e entra numa dessas igrejas que pregam teologia da prosperidade, e aprende a usar a “fé” para ganhar dinheiro. Essa é a fé mais ou menos. Uma fé a serviço da uma cobiça...

***

Foi para a liberdade - da nossa alma - que Cristo nos libertou. O corpo permanece sujeito aos desmandos e perseguições do mundo. Pode ser preso, ferido, esmagado, morto de fome, torturado e encarcerado... Mas a despeito de tudo isso, a alma permanece livre e íntegra. Sou livre. Completamente livre. Livre do ódio. Livre da amargura. Livre do desejo de vingança. Livre do amor ao dinheiro. Sou livre. Ainda que prendam o meu corpo, nada poderão - jamais - contra a liberdade da minha alma. Não existe poder, homem ou demônio, abismo, escuridão ou profundidade, que seja capaz de sequestrar, roubar, ameaçar, prender ou matar a alma de quem descansa aos pés da Cruz de Cristo, nosso Deus, nosso Senhor...

***

As nossas ansiedades melhoram muito, quando encontramos alguém em quem podemos confiar. Vivemos melhor ao lado de quem confiamos. Ter alguém em quem confiar faz bem para o coração. Os filhos que podem confiar nos pais, são mais felizes. A mulher que pode confiar no seu homem, é mais feliz. É uma alivio enorme encontra alguém com quem compartilhar a nossa vida. Uma relação de confiança aumenta as nossas esperanças, fortalece o nosso corpo, enriquece a nossa alma e ajuda na realização dos nossos sonhos...

***

Nada floresce onde existe desconfiança. No chão da desconfiança jaz sepultados os nossos melhores sonhos... Viver ao lado de alguém em quem não podemos confiar, é uma desgraça sem fim.  Existir ao lado de alguém que não quer o nosso bem, faz um mal enorme para a nossa alma. Rouba as nossas forças e anula as nossas esperanças. Enfraquece a nossa vida como um todo... Mata-nos de dentro para fora...

***

Aconteça o que acontecer, não se imagine capaz de andar sobre as águas. Não seja tão ingênuo. Pedro deu três passos e afundou...E daí se ele afundou? Não há problema algum em afundar.  Todo mundo afunda. Pedro não afundou por falta de fé...  Afundou porque era humano, demasiadamente humano, por sinal.  Afundou porque não foi feito para andar sobre as águas... Esse acontecimento não foi registrado com a intenção de nos incentivar andar sobre as águas, mas foi registrado justamente para mostrar a impossibilidade de se andar sobre as águas. Permaneça no barco, esse é o ensino do texto. Permaneça no barco com Jesus. Se deseja mesmo imitar a Cristo, imite a sua mansidão, a humildade e o seu amor pelo próximo...

***

Bem-aventurados os que choram... Nenhum cristão - por mais ingênuo - pode pensar em felicidade, sem consideram a ideia de ser feliz mesmo sob torrentes de lágrimas. Felicidade feita só de sorrisos, não é possível nem mesmo nos caminhos largos do mundo. Nesta vida de dores e aflições, quem quiser ser feliz, de um modo ou de outro, e a fé é o melhor modo, terá que aprender a lidar com as lágrimas, porque serão muitas... Contra as lágrimas e contra as decepções, a fé é uma batalha que nunca cessa...

***

A cura da alma não vem quando você expõe os outros. Ela acontece quando você perde o medo de se expor.  Confessar e não acusar, é o primeiro passo na direção da cura das angústias da alma. Nas coisas de Deus, quanto mais cheio de justiça própria, mais injustiçado você se sente. Quanto mais você luta com as suas próprias forças, mais você será derrotado. No caminho de Deus, só chega ao fim, quem entrega o coração e abre mão de toda forma de justiça própria...

***

No mundo de hoje, não existe nada mais solitário do que uma pessoa que realmente vive pela fé...

***

Qual é o seu dom? Ele floresce? Frutifica? Onde está o seu talento? Enterrado dentro de você, esperando um momento oportuno? Não existe momento oportuno... Todo momento é oportuno.  O dom, se verdadeiro, é a oportunidade. É a partir do uso que fazemos dele, e não das circunstâncias, que as coisas acontecem... Comece com o seu dom... Nas coisas da alma, o que não frutifica, morre. Dom que não se usa, é dom que se perde. Talento enterrado, enferruja. O que não encontra oportunidade de uso, morre. Árvore que não frutifica, vira lenha...Comece a usar o seu dom... Mas lembre-se, a vida não é um processo contínuo de crescimento e frutificação. Comece, mas não fique obcecado com os frutos, eles surgirão no tempo certo. Apenas comece...não faça nada relaxadamente... Regue todo dia, proteja a semente. Livre-se dar ervas daninhas. Essa é a sua parte, a sua responsabilidade. A parte natural do processo, o resto é milagre de Deus. Os frutos são milagres. Todo o processo é uma caminhada de fé. Não pense que os frutos são resultados naturais do seu esforço, pois não são. São milagres de Deus. Se você não regar, não haverá frutos. Mas não é só porque você rega e cuida que nasce frutos. Os frutos não são obra sua. Os frutos sempre vêm de Deus. Os frutos são provas de que existe vida circulando dentro e fora da árvore, mas essa vida não vem de você, vem de Deus. Seja grato.

***

Sim, os frutos são provas de que existe vida circulando dentro e fora da árvore. Precisamos de frutos para Cristo. Folhagem é bonito de ver, todavia, mais do que uma bela aparência, é fruto que Cristo busca na árvore. Folhas não alimentam. É preciso ter fruto. Todavia, nem árvores, nem pessoas florescem e frutificam o tempo todo. Na vida também existem invernos e desertos... Respeite os invernos da sua alma. Quando for inverno, não finja que é verão. O segredo é não desistir quando tudo for deserto... O segredo é saber esperar o tempo certo dos frutos. Mais ainda, o segredo é não desperdiçar os frutos... Quando a árvore da nossa vida começa a frutificar, é preciso não desperdiçar os frutos. Colher tudo para si, é o caminho para perder tudo. Dividir é o caminho para multiplicar...

***

Algumas pessoas são como planta carnívora. Vivem de boca aberta, esperando algo para devorar. Bem-aventurado os que vivem sem devorar a vida de ninguém...

***

A fé em Deus é um centro em torno do qual a vida acontece. Corpo, alma, coração e pensamento, toda a nossa humanidade se reúne em torno dela, agindo por meio dela, fazendo da pessoa de fé, um ser humano íntegro – uma nova criatura. Sem fé, em permanente luta interior, permanecemos o tempo todo em estado de fragmentação. Mente e coração em estado de oposição, em permanente e desgastante guerra interior. Mas a fé cria a paz entre os dois, faz do coração e da mente um só, unidos pelo evangelho de Jesus.

***

Ter fé é ter um sentido para a vida que transcenda o valor de todas as coisas do tempo e do espaço desse mundo. É viver, agir e pensar o mundo a partir de uma esperança que transcende todas as esperanças do mundo. É viver aqui embaixo, completamente inspirado pelas coisas lá de cima. Sede meus imitadores, como eu também sou imitador de Cristo, disse Paulo. Sim, crescer em fé é crescer na imitação de Cristo... Onde a santidade não floresce, a fé naufraga sem cumprir a sua missão...
_VBMello 

Postagens mais visitadas deste blog

A luta nossa de cada dia...

Não existe razão para ter medo...

Mas se não tiver amor, nada serei...

Francamente, esse Jesus é um estraga-prazeres!

Bem-aventurados os humildes

Rede de escândalos...