A minha alma transborda

Não temo a direção do Senhor
A sua misericórdia não tem fim
Se me conduz ao deserto
É para o crescimento
Da minha a alma



Se permanece em silêncio
Quando clamo e imploro
É para que eu aprenda ouvir



Se permite que crises me envolvam
Não é para a minha derrota
É para o amadurecimento da minha fé



No dia da minha maior aflição
Quando leões rugiam ao derredor
Os teus olhos viram a minha face
E o meu coração acalmou
Livrou-me da boca do leão
Não temo mais, nem o que rosna, nem o que late
Em toda e qualquer ameaça, aprendi a confiar no Senhor
Mantenho a paz que o Senhor me deu
Na sua presença o meu coração se transforma
A minha alma transborda
As palavras jorram
O homem que eu era ontem
Hoje, agora, nesse momento, eu não sou mais



Todo dia, o tempo todo, sem cessar
Ando nascendo de novo
Tornando-me uma nova criatura
O meu coração sabe coisas
Que a minha razão nem desconfia
Vivo pela fé
Um amanhecer sem fim
Com vozes de eternidade
Ecoa nas profundezas da minha alma
Já não posso me conter
O teu Espírito se move em mim
Estou rico da sabedoria dos lírios do campo
E inspirado pela simplicidade das aves do céu
O chão duro do meu coração estremece
O Senhor está aqui... Está em mim... Sou dele e ele é meu
A minha alma canta e dança de alegria na sua presença...
_VBMello

Postagens mais visitadas deste blog

A luta nossa de cada dia...

Não existe razão para ter medo...

Mas se não tiver amor, nada serei...

Francamente, esse Jesus é um estraga-prazeres!

Bem-aventurados os humildes

Rede de escândalos...