Tudo posso naquele que me fortalece

Não tenho dúvida
Tenho certeza
É a minha fé em Deus
A sua misericórdia
Que me faz forte
Diante da adversidade


É o seu amor verdadeiro
Que salva o meu coração 
Do chamado do deserto profundo


Em dias de calamidade
Ele protege a minha vida
Em dias de mudez e dor
Ele coloca boas palavras em meus lábios
Em dias de aflição
Ele inspira alegria
E bom ânimo ao meu coração


Em tempos de escassez
Ele alimenta a minha alma
Dando-me fé, coragem

E esperança de dias melhores


Quando tudo desmorona
Ele consola a minha alma
Quando todos me abandonam
Ele não me deixa sozinho na escuridão
A sua luz brilha dentro de mim


Em momentos de abatimento
Ele fortalece o meu espírito

Não fosse a sua presença e cuidado
Eu já teria sido completamente consumido
E teria desaparecido para sempre


Todo dia, sem cessar, o tempo todo
O seu Espírito sussurra em meus ouvidos
Uma consolação que faz a minha alma
Pular e dançar de alegria
Sim, a alegria de Deus é a minha força


Quando eu me perco no caminho da vida
E a minha alma fica aflita e ansiosa
Ele vem e ilumina os meus passos
Acalma as minhas aflições
Liga as minhas feridas
Me toma pela mão
Me coloca de pé
E me mostra a direção certa
E o meu coração não cessa de cantar
Cânticos de gratidão, amor e admiração


Sentado aos seus pés, como uma criança
Eu aprendo as ordens e os caminhos do amor
Ouvindo e meditando, no meu coração
O tesouro e a graça de suas palavras


O meu coração arde
Quando ele passa
O meu espírito chora
Se ele parte e se demora
Ele é o meu tesouro
A minha fortaleza segura
Minha alma floresce
Quando ele fala


Não sei mais viver sem ele
Ele está em todo lugar
Dentro e fora de mim
Está no meu coração
Vive nos meus pensamentos
Alegra a minha vida
Ele faz de mim
Uma nova criatura
Com efeito, preciso confessar
Eu não sei viver - nem um momento
Sem a sua presença de amor


Eu sei muito bem... Sim, eu sei
Que em tempo de noites escuras
Afastar-me de sua presença
Abdicar da esperança
E deixar o amor esfriar
Não é outra coisa, senão
Colocar em risco a segurança de minha alma
E correr o risco de ser derrotado, para sempre
Na imperdoável e feroz luta pela sobrevivência
Não é a minha força, é a minha fé 
Que me conserva de pé 
No campo de batalha


Longe dele, pobre de mim
As minhas pernas tremem 
E a minha respiração falha
E os meus sonhos morrem 
E as minhas esperanças secam
Sim, sem essa minha fé em Deus – eu bem sei
Ninguém precisa me dizer... Tudo me faltará


O coração do homem é inconstante
E a sua bondade dura só um instante
E vem cheia de acusações e cobranças
Mas Deus é bom eternamente
Já confiei na palavra de homens
E fui decepcionado
Mas a Palavra de Deus
Jamais me decepcionou
Deus não é homem, para que minta
Eu sei em quem tenho crido
Não serei desamparado no dia da calamidade


Que Deus me livre de qualquer tipo de justiça própria
Que Deus me livre da tolice de confiar em mim mesmo
Sou homem e cair é da minha natureza
Mas eu aprendo com as minhas quedas
Definitivamente, confiança em mim mesmo
É uma ilusão que não alimento mais
Já cri e dei crédito a muitas coisas
Agora, a única fé que conservo e alimento
É a fé em Deus


Não preciso de outra fé
Não preciso de outra esperança
Preciso de fé em Deus, e só
Nele eu respiro, me movo e existo


Sim, com efeito, sem Deus
Eu, pela força do meu braço
Não posso coisa alguma
Todavia, tudo posso
Naquele que me fortalece
Senhor, a tua graça me basta
_VBMello

RECEBA AS NOSSAS ATUALIZAÇÕES:


Delivered by FeedBurner

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A luta minha de cada dia

Não existe razão para ter medo...

Mas se não tiver amor, nada serei...

Francamente, esse Jesus é um estraga-prazeres!

Vida de comunhão com Deus

Bem-aventurados os humildes