Dores, medos e alegrias... sem máscaras...

O reino de Deus não vem com aparência exterior
Nem dirão: Ei-lo aqui! ou: Ei-lo ali!
Pois o reino de Deus está dentro de vós.
(Lucas 17:20,21)













Nas profundezas da minha alma
Onde ninguém imagina e somente eu sei
Há um lugar - secreto - em mim
Um lugar simples, quieto, sereno e discreto
Mas também, um lugar onde antigas batalhas
Ainda são travadas com fúria, força e raiva 
Um lugar que é céu, mas que também é vulcão
Pronto para estremecer e entrar em erupção
Um lugar onde a minha  maior luta
Contra tudo e contra o frio que assedia o coração
É não morrer, nem desistir de mim mesmo
E seguir em frente, mesmo sem saber direito
Para onde eu estou indo... Mas certo de que Deus
E somente Deus, e nenhuma outra voz ou luz, é quem me guia
Por esses caminhos tempestuosos, que a vida coloca diante de mim...
*
Um lugar sem exibicionismo e (ou) visível aparência
Pois a guerra dessa vida, é minha, e só minha
Um lugar onde tudo acontece em silêncio
Um lugar onde as lágrimas são sangue vivo
E a respiração é ofegante e furiosa
Um lugar que somente quem tem olhos para ver, vê
Um lugar que assusta e apavora quem vê
Um lugar que olhado de longe, é paz
Um lugar que olhando de perto, é guerra
Um lugar que está muito além do que os olhos podem ver
E o coração querer e (ou) compreender
O lugar que muita gente que me conhece
Finge não ver, porque tem medo de ver
Tal a culpa que os abate, fere e constrange
O lugar onde, muitas vezes, eu fui abandonado para morrer
O lugar onde eu sobrevivi e não morri 
O lugar onde o coração pulsa violento, pedindo vingança
O lugar onde Deus é a minha única esperança
O lugar onde o Evangelho me salva, ou eu mato
















O reino de Deus e o reino desse mundo, em pé de guerra
O lugar onde não luto contra a carne e o sangue
E ainda assim, sofro na carne e no sangue
A fúria da batalha sem descanso
O lugar das minhas depressões
E o lugar onde eu me desespero da vida
E também o lugar onde espero dias melhores
O lugar onde eu morro e renasço, todo dia
E também (eu sei), o lugar onde Deus
Fala, vive e se move em mim
















Um lugar de graça, guerra e poesia 
Um lugar onde a luz do Espírito de Deus
Ilumina e aquece a noite triste e vazia
O lugar onde as minhas dores
São saradas e a minha angústia, curada
Um lugar onde a verdade 
Não carece de elogios 
E a beleza não pede aplausos
Um lugar onde tudo - para mim - é o que é
Verdade, salvação e eternidade...
* Sim, nos confins da minha alma
Há um lugar - uma imensidão em mim
Um campo de batalha
Um oásis no deserto
Onde as feridas da infância 
Roubada, pisada e sufocada
Encontram um pouco de paz
Alívio, frescor e consolação
*
Um lugar onde eu me encontro 
Mais perto de Deus e do céu
O lugar mais distante 
Das minhas lágrimas e raivas
Para onde eu posso fugir, correr e ir




















O lugar onde eu me reencontro comigo
E me revejo (como eu poderia ter sido)
Sob a luz de Deus, que antes eu não via, nem sabia
O lugar onde as minhas dores e rancores
Não usam máscaras de santidade e felicidade
*
O lugar onde as tempestades e os ventos
Se acalmam com uma palavra suave
O lugar onde o amor transcende 
A língua dos homens e a língua dos anjos
*
A imensidão, a planície, o abismo, a montanha e o sonho
O lugar onde a linguagem e a comunhão acontecem 
Com sorrisos iluminados pela sinceridade dos olhares...










Para esse o lugar mais perto de mim
Como um filho pródigo em busca do pai
Sepultado pelas dores da vida
Eu (nem sempre) volto... sem revolta... Nos dias de revolta
*
Nesse lugar separado, quieto e sagrado
Esse campo banhado de sangue e lágrimas, onde 
Sob o som do tropel de cavalo selvagem
E do rilhar de espadas ancestrais
Eu, sozinho,  sem ajuda de pai, mãe ou irmãos
Maldito filho bastardo e renegado
Amaldiçoado no ventre e no berço
Herdeiro de covardes
Descendente de loucos
Parente de putas e prostitutas
Rodeando de esperanças feridas 
E atolado na lama de sonhos mortos
Travo, contra a minha carne, o diabo e o mundo
As minhas lutas e batalhas de vida ou morte
*
Dia e noite, a minha alma é uma ferida só
E o fôlego de vida se esvai
Como soldado pisado e ferido
Durmo sem vontade de acordar
Mas o Espírito de Deus, vem
Atravessa a nuvem de espírito ancestrais
E me recoloca de pé, e eis que ainda outra vez
Estou na batalha da vida, lutando já não sei com que forças
*
Nos dias de fome, Deus é o meu alimento 
Nas noites escuras, ele é a luz da minha vida
No deserto da minha alma
Ele é a minha fonte de água viva
Nas batalhas, ele é a minha espada afiada
Na paz, ele é o meu Pai bem presente
Na depressão, ele me coloca de pé
Na queda, ele me levanta
Na festa, ele é a música
Na esperança, ele é a certeza
*
Nas batalhas da minha alma
Espírito, coração e mente
A minha espada mais cortante
É o evangelho do amor de Deus
E o vinho que me embriaga e me aquece
É a paz e a graça que vem do Espírito do Senhor
*Sim, há um lugar em mim
Um lugar onde as leis, a força 
E as impermanências do tempo
Não possuem força ou poder
Onde os ventos e as tempestades
Não ameaçam o palácio da alma
Morada de Deus em mim
Um lugar de eternidade
Onde eu sou um com Deus
E nele vivo, respiro e me inspiro
Com cânticos de graça e gratidão
*
Diante dele, esse meu lugar, o meu coração
É um jardim fechado, um palácio de luz
Um templo de glória, um refúgio secreto
Uma  morada de paz e de silêncio
O meu lugar de renovação, oração e adoração
A fonte da minha verdade e a força do meu espírito
A morada do Rei da Glória – o Reino de Deus
Onde nem homens, nem potestades
Nem poderes deste mundo
Ou de qualquer outro mundo ou submundo
Nem demônios, nem coisa alguma
Nem ansiedade ou maldade, força ou poder
Entra, fala, vê ou vence, mas só Deus é Deus
*
O meu coração, um lugar só meu e de Deus
O lugar onde Deus mora em mim
E eu moro, vivo e me alegro nele
Um templo que não foi feito por mãos humanas
Uma dádiva de Deus, uma graça sem fim
Um presente de valor inestimável
Uma riqueza que vale mais do que o mundo todo
Um novo coração, uma nova vida, um espírito renovado
Um lugar que não é nem primavera, nem verão
Nem inverno, nem outono... um lugar que é céu

Um lugar de guerra, paz, serenidade, grito e riso
O lugar onde Deus é a minha força e a minha canção
O lugar onde o Espírito de Deus é a luz e o sabor da minha vida
E faz a minha vida (ainda) valer a pena... O Reino de Deus dentro de mim...
_VBMello