14 de novembro de 2016

Onde os valores se invertem...



Para além do reino da carne e do sangue
Oculto como mistério que anseia ser revelado
Diante do silêncio do meu coração
Que escuta, sonha, pondera e sente
Pressinto os portais de outro mundo
Mais profundo, mais justo e verdadeiro
Onde tudo transborda de vida, alma e espírito
E as batalhas da existência são travadas
Pela força da fé e vencidas pela coragem do amor


Na vastidão deste novo mundo
Onde os valores se invertem
E um homem não vale pelo que tem
Mas pelo que ama, sonha, luta e crê
Onde as fomes que devoram a vida
São todas saciadas pela força
De uma só palavra de Deus: Haja luz


Em silêncio e quietude, sem visível aparência
Como uma semente que acorda sob a terra
As sementes todas da minha poesia
Como o canto de esperança dos pássaros
Que sempre aparece ao amanhecer
Não importando quão grande tenha sido
A escuridão, a solidão e o frio da noite
Surgem nas profundezas da minha alma
Animam e refrigeram o meu espírito
E guiam-me pelos mistérios insondáveis
De um reino chamado de reino de Deus


Onde o desabrochar das flores
E o canto de mil anjos
Tem mais poder e vida
Do que um exército de canhões
E o sussurro da voz de Deus
Tem mais força do que socos e gritos
Ideologias, guerras, terremotos e vendavais...


Sim, para além do que é visível
Para além do que podemos ver
Cruzando os caminhos estreitos da fé
Vislumbramos um reino de alturas
E muralhas intransponíveis
Um reino que não é proibido
Um reino de paz e justiça
Um lugar de alegria
Um jardim de descanso
Que não pode ser conquistado
Por força ou comprado por dinheiro
A casa do nosso Pai Celestial
Um lar interminável para todos nós...
_VBMello