13 de agosto de 2016

Guerra espiritual...















Fala-se muito em guerra espiritual
Fala-se também em oração de guerra
Estamos em guerra! Gritam...
*
Sim, eu concordo, estamos em guerra
Mas a nossa guerra, seja nos seus meios
Seja nos seus objetivos finais
Não tem nada a ver com as outras guerras
Ao passo que as guerras da carne e do sangue
Tem por objetivo, pelo uso da força e da violência
Dobrar a vontade do inimigo e obrigá-lo
A fazer a vontade do seu oponente
A nossa guerra, ao contrário
Não visa obrigar inimigo algum
A fazer a nossa vontade
*
Os meios da nossa guerra
Ao contrário das outras guerras
Não é a força do braço ou das armas
É a força do Espírito de Deus
A certeza da nossa salvação
E a graça, a misericórdia e o amor de Deus
E o objetivo da nossa guerra
Não matar, nem pilhar, nem destruir
É, como bem disse São Francisco de Assis
Na sua famosa e belíssima oração
Levar amor, onde existe ódio
Levar perdão, onde existe ofensa
Levar união, onde existe discórdia
Levar esperança, onde existe desespero
Levar alegria, onde existe tristeza
*
Levar paz, onde existe guerra
Levar pão, onde existe fome
Levar vestes, onde existe nudez
Levar solidariedade, onde existe doença
Levar justiça, onde existe cárcere
Levar água, onde existe sede
Levar luz, onde existe trevas
*
Ou, mais especificamente
Ser paz, onde existe guerra
Ser esperança, onde existe desespero
Ser vida, onde existe morte
Ser luz, onde existe trevas...
_VBMello