28 de julho de 2016

A coragem de ser...











A plenitude da nossa humanidade 
Se desenvolve e encontra proteção
Contra a frieza, a cobiça e a loucura
Dos dias maus e difíceis
Mais pela simplicidade, graça
Sinceridade e solidariedade
Dos nossos pequenos gestos cotidianos 
Do que pela conquista do mundo inteiro...

A vida possui um fascínio especial
Uma inspiração que ressoa no fundo do peito
Uma alegria de ser e de viver
Uma sensação inefável de graça e paz
E uma dignidade característica
Aspirações, esperanças e sentimentos
Que o dinheiro não pode comprar
Coisas e riquezas do coração
Valores que dignificam
E elevam a condição humana
Uma quietude indizível 
Que fortalece o espírito 
E permite ao homem
Principalmente
Perante si mesmo
Diante da própria história
Andar livre e de cabeça erguida

Felicidades de quem ama a Deus
Mais do que quem ama o mundo
Coisas inexprimíveis por palavras
Mas que são notadas facilmente
Pelo brilho no olhar
Pela ausência de culpa e desconto
Perante a consciência coletiva
E pela sinceridade, graça
E espontaneidade dos sorrisos 

Riquezas sutis da arte de viver 
Que só se revelam e acontecem 
No íntimo do indivíduo 
Que fez a opção de andar sempre
No caminho da vida e da verdade
E que pela fé e pela graça de Deus
Nas lutas dos dias, meses e anos
Sem fugir dos desafios da existência
Purifica o espírito e conserva a alma
Livre da cobiça, da ansiedade, da miséria 
E da fatalidade corrupta dos dias atuais
E acumula para si a riqueza da certeza 
De que a sua vida toda, sem economia
E plena de verdade, coragem e sinceridade
Perante Deus, anjos, homens e demônios
Se gasta de modo humilde, justo, puro e verdadeiro...
_VBMello