Fome, eu quero fome!









A minha alma tem fome de Deus
Mas não quer ser completamente saciada
Todo dia, o tempo todo, sem cessar
Quer estar sempre com fome
Quer ser sempre alimentada
Sempre voltando à mesma fonte de vida


A fome que eu tenho de ti
Meu Deus e meu Senhor
É como um abraço
Que quer se repetir
É como um beijo que pede bis
A minha fome te quer todo dia
A minha sede te quer toda hora


Como a corça suspira pelas correntes das águas
A minha alma quer sempre, sem nunca ser plena
E completamente saciada, correr para Deus
E receber das mãos dele, sustento e proteção
Todo dia, o ano todo, a vida toda até a eternidade


Ó Deus, não é saciedade que eu procuro, é fome
Todo dia, sem cessar, o tempo todo
Faz aumentar a minha fome
Não me dê mais do que o meu pão de cada dia
Não me farte de coisa alguma
Não me torne próspero de vitórias ou glórias
Basta-me a simplicidade de esperar pelo teu aceno
Basta-me a miudeza de ser um grão de mostarda
Lançado nos ventos da imensidão do mundo
A insignificância de um coração humilde
A companhia dos simples de espírito
E a alegria de saber que, aconteça o que acontecer
Ainda que tudo me falte, tu mesmo, jamais me faltará


Eis-me aqui, Senhor
Pobre e sem ambição
Lutando com um Anjo
Desde antes de o dia amanhecer


Ouça-me, escute os meus gemidos inexprimíveis
Não te peço sabedoria, riqueza ou poder
Apenas o meu pão de cada dia
Uma roupa comum para vestir
E uma cama simples para dormir e sonhar


Aparte de mim a fúria das ansiedades da vida
Não me deixe cair em tentação e livra-me do mal
Ensina-me a perdoar e ser perdoado
Amar e ser amado, querer e ser querido
Ensina-me a desejar e esperar o seu Reino
Mais do que querer, amar ou desejar
Por mais que brilhe, por mais que retine
Qualquer coisa superficialmente bela, deste mundo


Sob a tua sombra, eu descanso
Em ti, e somente em ti, eu espero
A tua maravilhosa graça me basta
Tudo posso naquele que me fortalece...
Senhor.... Ouça a minha oração... Fome, eu quero fome!
_VBMello