6 de março de 2017

Vampiros espirituais...










Ninguém joga pedra em árvore que não dá fruto. Não se iluda com a calmaria. O mundo não é um lugar de calmaria. O mundo é um lugar cheio de atiradores de pedra.



Cada um desses atiradores de pedra, a seu modo, é um vampiro espiritual. Quem navega no mar da vida, deve se precaver contra atiradores profissionais de pedras. Eles vivem disso, e estão por toda parte. 



Apontar os erros e pecados dos outros, é o que dá sentido à vida deles. Apontar o dedo acusador, não se engane, é o que faz com que eles sintam alguma felicidade. Para eles, um dia sem apedrejar alguém, é um dia perdido.



Mesmo uma leitura rápida do Livro dos Salmos, revela que os salmistas tinham mais medo de gente fofoqueira, do que tinham medo de guerras e doenças. Orar por livramento contra a língua maledicente, é uma constante nas orações dos salmos.



Não fique desprevenido contra eles. Eles são como vento em tempestade. Tentarão destruir os seus projetos. Tentarão afundar o seu barco. Afaste-se deles, rápido como um navegador que se afasta de pedras pontiagudas. Eles não te estenderão a mão quando você começar a afundar. Tirarão selfies...


                                                                               
A verdade pura e simples, é que assim que você levantar a cabeça, com pedras nas mãos, eles se revezarão diante de você. São atiradores de dardos envenenados. Discípulos de Satanás. Sorriem na sua frente e te apunhalam pelas costas. Não tente convertê-los. Não tente mudá-los. Essa é a natureza deles, é assim que eles são. Você lhes estende a mão, e eles te estrangulam.



Assim que você começar um projeto novo, eles aparecerão, como por encanto, cheios de pedras nas mãos. Não se iluda com a calmaria. As pedradas surgirão assim que surgirem os primeiros frutos.



Faça um bem a você mesmo. Não perca o seu tempo com atiradores de pedra. Não se una a eles, nem os combata. Apenas, sem mais, ignore-os. Isso mesmo, sem nenhuma culpa, ignore-os.



As críticas só acertam e ferem, quem presta atenção nelas. Se você não dá atenção, não te acertam, nem te ferem. Não preste atenção neles. Não te acrescentarão coisa alguma. São roubadores de tempo. Dissipadores de inspiração. Castradores de sonhos. Ladrões de motivação. Meros vampiros espirituais.



O mesmo vale para certos elogios. Não se encante com elogios vazios. Cresça e amadureça. Quem precisa de elogios para caminhar, nunca sai do lugar. Ainda não foi desmamado. Ainda é criança. Encontre uma motivação maior e siga sem frente. Seja como for, nada podemos contra a verdade. A mentira que dizem sobre você, não prosperará. É isso.
_VBMello
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -