10 de março de 2017

Não julguem...










Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia. 
- - -
Não seja tão apressado
Em apontar o dedo
E julgar as pessoas



O ser humano é um ser de dores
Para alguns, desde o nascimento
A vida é uma tortura sem fim
E sob tortura, como defesa
Quase todo mundo
De um modo ou de outro
Usa algum tipo de máscara



Não são máscaras de hipocrisia
São máscaras sobre a face torturada
Ferida, roubada e humilhada
Pelas injustiças do mundo



Máscara de dor sobre a face da alma
Ferida pelo azar de ter nascido
Numa família disfuncional



De certa forma, toda máscara esconde
As feridas de uma alma abusada
E violentada pelas dores, loucuras
Pecados e descasos da existência



Onde existe liberdade
Não existe necessidade
De máscaras ou desculpas



Assim, ao invés de apontar o dedo e julgar
Aproxime-se, conheça, respeite, ame
Seja misericordioso. Liberte



Não aumente, nem alimente
As dores da alma de ninguém
Não forneça mais máscaras
Para os sufocados da vida
Não faça reféns
Não aumente a ferida
Não aprisione ainda mais



Ao invés de criticar e apontar o dedo
Ao invés de arrancar a máscara – na marra
Isso realmente não vai ajudar ninguém
Na verdade - você não vê, mas isso
Só serve para revelar a sua própria
Feiura interior, escondida sob
Uma fina e inútil máscara de santidade



Portanto, não aponte o dedo. Não julgue
Tenha misericórdia... Tenha compaixão
Examine-se a si mesmo e veja de perto
A sua própria inadequação e insegurança
Tire a sua própria máscara, antes de se meter
A desmascaras os outros. A quem você quer enganar? 
Não seja infantil. Não seja cruel. Amadureça. Cresça.



Atrás da máscara, sempre tem alguém que sofre
Sempre tem uma mão estendida, pedindo ajuda
Caso não faça parte da sua natureza humana
Consolar, ajudar ou aliviar a dor das pessoas
Se você é daqueles que gosta de receber
Mas é incapaz de um simples gesto de compaixão



Então, meu irmão, eu sei que isso será muito difícil para você
Impossível até, pois trata-se de uma luta contra você mesmo
Mas faça um esforço... Passe direto. Não pare
Sequer seja um curioso. Tenha um pouco de respeito próprio
Não existe um indivíduo mais desprezível
Do que aquele meramente curioso do sofrimento alheio
Passe direto. Vá embora, sem olhar para trás



Se você só sabe criticar, julgar e condenar
Então, caro amigo, você não é necessário
Numa situação de dor e sofrimento



Sim, passe direto. Finja que não é com você
É melhor do que deixar um rastro de dor por onde passa



Se não pode, nem por um momento
Ser um bom samaritano
Por favor, não banque o amigo de Jó



Já temos sofrimento demais no mundo
Seja misericordioso... Ou então... Passe ao largo


Hipócrita, tire primeiro a viga do seu olho, e então você verá claramente para tirar o cisco do olho do seu irmão.
_VBMello