31 de dezembro de 2016

Nota aos cansados, sobrecarregados e aflitos...

No mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo... Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.   [João 16:33 - Mateus 11:28-30]

                                                                          
                                                                                                  

Certas dores da nossa vida - e são tantas
Só se resolvem, entre nós e Deus
São dores tão subjetivas
Tão pessoais e íntimas
Tão da nossa própria história
Das feridas do nosso coração
E da formação da nossa alma
Que – o tempo todo – acontecem
Bem debaixo do nariz das pessoas
Que vivem e convivem com nós
Sem que essas pessoas, nem de leve
Desconfiem da existência delas

Para esse tipo de dor – só nossa
Não adianta buscar conselho, cumplicidade
Empatia, misericórdia humana - ou o que for
Pois são dores, cansaços e sobrecargas existenciais
Que só se resolvem, entre nós e Deus
No secreto do nosso coração
No silêncio da nossa alma
Na esperança do nosso espírito
Onde, em oração, nos rendemos a Deus
O único que tem poder para nos ajudar
Nesses nossos momentos de aflição, dor e angústia
Que ninguém mais vê, percebe ou sente...
_VBMello