8 de novembro de 2016

O Evangelho de Jesus...

Se o evangelho que você prega
Está em você, no seu coração
Ou melhor, se pode ser aprendido
E alcançado pela via dos seus estudos
De psicologia, filosofia, sociologia
Ou por qualquer outra via humana 
Então, lamentavelmente, meu querido
O que você prega, não é evangelho, longe disso
E nem você é um pregador do evangelho
Embora lhe chamem pastor, bispo ou o que for

Você é um charlatão, um “bobo alegre"
Talvez até mesmo, um mercenário
Ou um lobo vestido de ovelha
E o seu arremedo de evangelho
É só mais um híbrido de ciências humanas
Religião comparada, tudo rematado
Pela sua própria imaginação, vaidade e cobiça
Um discurso vazio de poder e verdade de Deus
Uma bobagem que parece que funciona
Só porque encanta ouvidos que vivem coçando
Atrás de qualquer novidade supostamente espiritual



O verdadeiro Evangelho de Jesus Cristo
Paulo sabia isso perfeitamente
É um mistério, uma revelação do alto
Uma graça dada somente por Deus
É a pura e perfeita verdade de Deus
Completamente inatingível por esforços 
Da razão, da vontade e do coração humano



É algo, um encargo, que Deus nos dá
Algo que nos ultrapassa, nos modifica
Nos anima, motiva, constrange, inspira
E nos transpassa com as chagas profundas
De uma missão, que não podemos deixar de cumprir
Algo que antes de nos ser dado, não estava em nós
Algo que depois de nos ser dado, não é nosso, mas de Deus
Algo que, mesmo que estudássemos todos os livros do mundo
Nunca chegaríamos a compreender, aceitar e amar
Pois tanto a sua origem, quanto a sua compreensão
É pura graça de Deus, coisa divina e não coisa humana... É isso.

_VBMello