21 de julho de 2016

Sinceridade...



Independente das circunstâncias
Enquanto a pessoa 
Puder olhar a si mesma
Com verdade e sinceridade
Enquanto for capaz 
De resistir à tentação
De trocar a sinceridade
Da sua luta interior
E a verdade da sua dor
Pela fuga de um prato de lentilhas
Não terá vergonha do que vê no espelho
Nem terá pena do que se tornou...
Sofrerá, mas se saberá bendita
Pois sabe que participa – sem fugas
Do sofrimento dos homens justos
Pois ser sincero consigo mesmo e com Deus
É, não apenas o mais precioso dos tesouros da alma
É também a beleza e a razão de viver...
_VBMello