28 de junho de 2016

Sois o templo de Deus...

Não sabeis que sois o templo de Deus, e que o Espírito de Deus habita em vós? (1 Coríntios 3:16)















O fundamento da minha vida 
Encontrar-se muito bem firmado numa rocha
Que tem nome e se chama Jesus Cristo
Não conheço outro fundamento
Sobre o qual vale a pena construir
*
Existem aqueles que separam
Cristo do seu ensino e palavras
Separam meia dúzia de palavras
E as usam sem, contudo, aceitar o Cristo
Mas esse tipo de fundamento é tão frágil
Como qualquer outro fundamento
*
Para resistir em pé e sem cair
É preciso aceitar o Cristo junto com o seu ensino
Separá-los ainda é construir sobre a areia
Então, fica assim, a minha vida inteira 
Está firmada em Cristo e no seu ensino
Tendo isso como a minha verdade
Posso dizer o seguinte sobre a minha vida:
*
O meu coração é um templo sagrado 
Onde mora o Espírito Santo de Deus
O meu coração é uma cidadela protegida 
E guardada pela graça e pelo amor de Deus
Nas profundezas do meu coração
Somente Deus entra, mora, se move, anima
Ilumina, consola, inspira e cria raízes
E assim, a fome mais intensa da minha alma
Somente Cristo e o seu evangelho
Conseguem realmente saciar
*
As coisas do alto, entre toda as outras coisas
São as coisas que mais me inspiram e encantam
É do alto que vem a minha fé e a minha esperança
É do alto que vem tudo que realmente muda a minha vida
E inspira os meus pensamentos e palavras
Se me desvio do caminho do alto
Resta-me apenas as impermanências do mundo
E as dores, angústias e aflições da vida...
*
Iluminado pelo Espírito do Alto, vivo aqui na terra
E a partir dessa luz que vem do alto
Tendo bem firmado no coração
O fato de que tudo é lícito
Mas que nem tudo convém, vou vivendo a minha vida
Gostando os meus dias, esperando o último dia
Quando o objeto da minha fé se realizará completamente
E eu verei o meu Salvador, como sou visto por ele...
*
Mas enquanto não chega esse dia muito esperando
Entre outras coisas, por exemplo, leio muitas coisas 
E escuto todo tipo de música que acho boa
Entretanto, nada do que leio ou escuto
Cria raízes nas profundezas da minha alma
Porque nas profundezas da minha alma
Homem algum, filosofia alguma
Ideologia, ou qualquer outra criatura 
Seja anjo ou demônio
Tem acesso livre
Nas profundezas da minha alma
Somente Deus cria raízes
*
Tendo em mente que tudo é lícito
Mas que nem tudo me convém
Com sabedoria e bom senso
Aproveito as coisas boas do mundo
Porque tudo que é realmente bom
Vem do alto, de Deus, o Pai das luzes
Mas não deixo as coisas do mundo 
Se aproveitarem de mim
Vivo no mundo, mas o mundo
Não vive em mim
Deus vive em mim
Sou de Deus - e sei em quem tenho crido
*
O que eu leio - ou escuto
Não me recruta para causa alguma
A comida que eu como - não me come
A bebida que eu bebo - não me bebe
A música que eu escuto - não me recruta
Faz tempo que fui recrutado por Deus
Não sou perfeito (estou muito longe disso)
Mas as palavras de Jesus 
“Portanto, sede perfeitos
Assim como vosso Pai Celeste é perfeito. (Mt 5:48)
Ecoam na minha alma, coração e mente
Portanto, tenho a perfeição
Como meta e alvo da minha vida
Ainda que nunca a alcance
O que é, obviamente, mais do que provável
Felizmente, não é pela minha perfeição. que sou salvo
Mas pela graça, mediante a fé
Então, não fico neurótico com esse negócio de perfeição
Apenas não desgarro os olhos de Cristo...
*
Gosto de boa música, mas eu não me empolgo 
Com cantor ou banda alguma
E fora isso, eu sei muito bem 
Qual é a diferença
Entre louvar e cantar
E no meu coração
Com música ou sem música
Eu louvo e adoro, sem cessar...
*
Os livros que eu leio – não me explicam
Como poderiam? Freud não me explica
E mesmo assim, eu gosto de ler Freud
Pois também sei muito bem qual é a diferença 
Entre a Escritura e um livro de psicologia
Filosofia – ou poesia – ou teologia
E faço diferença entre profetas
Psicólogos e poetas
Mas não abro mão da poesia...
E mesmo assim, o evangelho é o meu único guia – e só
E Cristo é o meu único Senhor e Deus – e só
*
Em torno desse centro absoluto e eterno do meu ser
Em torno dessa eternidade que me habita e me revigora
Escuto muitas coisas e ouço muitas vozes
Muitas músicas, muitos livros, poetas e filósofos
Mas são vozes que não passam da superfície do meu ser
Coisas que na maior parte das vezes
Entram por um ouvido e saem pelo outro
Nas profundezas da minha alma
As vozes do mundo não reverberam
E nada destronar do meu coração
O reino do Senhor da vida
E nada criar raízes e dá fruto
Além da árvore do evangelho
é isso, só isso... a minha vida com Deus
E a minha vida no mundo...
VBMello