28 de junho de 2016

Fragmento autobiográfico...

Eu dormia, mas o meu coração velava. Eis a voz do meu amado! Está batendo... (Cânticos 5:2)